• Foto 1 do produto Oferenda II
    Foto 1 do produto Oferenda II

Oferenda II

«Três paixões, simples mas infinitamente poderosas, têm governado a minha vida: o desejo do amor, a busca do conhecimento, e uma compaixão esmagadora pelos sofrimentos da humanidade. Estas paixões, como ventos colossais, têm-me arrastado caprichosamente nas direcções nas direcções mais diversas, até junto a um oceano fundo de angústia, à beira do próprio desespero.
Demandei o amor, primeiro, porque o amor traz o êxtase - um êxtase tão grande que muitas vezes eu teria sacrificado o resto da vida por umas horas dessa alegria.
O outro motivo é que o amor elide a solidão - a solidão terrível em que a consciência tiritante, na orla extrema do mundo, entrevê o gelado abismo insondável, ausente de vida. E, finalmente, demandei o amor porque na união amorosa tive a antevisão, em mística miniatura, do céu imaginado pelos poetas e pelos santos.»
«Com igual fervor, procurei o conhecimento. Desejei compreender a razão por que brilham as estrelas.»
«O amor e o conhecimento, na medida em que foram possíveis, levaram-me até às regiões celestes. Mas a compaixão acabou sempre por me trazer, de novo, à terra.
Ecos de gritos de dor reverberam no meu coração. Crianças famintas, vitimas torturadas por opressores, gente velha sem amparo considerada pelos filhos um fardo odioso, e todo o vasto mundo de solidão, de pobreza e de dor - constituem um insulto ao que a vida humana deveria ser. É meu desejo ardente aliviar todo esse mal e não consigo, e sofro eu também.

Tem sido esta a minha vida.»

Imagem maximizada

fechar [X]