• Foto 1 do produto O Português de D. Manuel I (Normal)
    Foto 1 do produto O Português de D. Manuel I (Normal)
    • Foto 2 do produto O Português de D. Manuel I (Normal)
    Foto 2 do produto O Português de D. Manuel I (Normal)
    • Foto 3 do produto O Português de D. Manuel I (Normal)
    Foto 3 do produto O Português de D. Manuel I (Normal)
    • Foto 4 do produto O Português de D. Manuel I (Normal)
    Foto 4 do produto O Português de D. Manuel I (Normal)
    • Foto 5 do produto O Português de D. Manuel I (Normal)
    Foto 5 do produto O Português de D. Manuel I (Normal)

O Português de D. Manuel I (Normal)

Foi a moeda portuguesa de maior circulação mundial, reflectindo o poderio do País no apogeu da sua glória.
O português, cunhado em ouro quase puro, foi uma das moedas que Vasco da Gama levou nas naus para a Índia. A moeda foi batida em Lisboa, Porto, Goa, Malaca e Coxim. Foi cunhada por mais de quatro décadas.
Foi aceite por toda a parte como meio de pagamento. Muito depois de ter deixado de ser cunhada em Portugal, o seu prestígio era tal que, entre 1570 e 1640, várias cidades europeias, entre as quais as da Liga Hanseática, bateram moeda de ouro de 10 cruzados, tal como o português, com a cruz de Cristo no anverso, dando origem aos célebres Portugalöser, que por vezes exibiam a legenda: «Ad valorem Emanvel reg Portugal» e «de acordo com o justo peso e liga do Português».

Observações: As moedas de acabamento normal destinam-se a entrar em circulação e são produzidas com recurso a processos de cunhagem e embalagem de alta velocidade que podem provocar riscos na superfície devido ao contacto entre as moedas de cada lote. Estes riscos não são aceites como fundamento para reclamação. Qualquer outro tipo de defeito neste tipo de moedas será sujeito a análise específica.

Imagem maximizada

fechar [X]