• Foto 1 do produto O Essencial sobre Dom Quixote (Nº 126)
    Foto 1 do produto O Essencial sobre Dom Quixote (Nº 126)
    • Foto 2 do produto O Essencial sobre Dom Quixote (Nº 126)
    Foto 2 do produto O Essencial sobre Dom Quixote (Nº 126)
    • Foto 3 do produto O Essencial sobre Dom Quixote (Nº 126)
    Foto 3 do produto O Essencial sobre Dom Quixote (Nº 126)
    • Foto 4 do produto O Essencial sobre Dom Quixote (Nº 126)
    Foto 4 do produto O Essencial sobre Dom Quixote (Nº 126)

O Essencial sobre Dom Quixote (Nº 126)

O Essencial sobre Dom Quixote, de António Mega Ferreira apresenta de uma forma clara, integral e com indispensável contextura, a obra que pela sua elevação pode ser considerada «a obra monumental que mais havia de marcar a literatura do ocidente europeu nos séculos seguintes.»
A análise da obra encontra-se sistematizada em diversos planos não deixando nunca de sobressair o seu sucesso e a sua perenidade, enquanto marcas indeléveis de Dom Quixote, e que desfilam inteligíveis ao longo destas páginas:
«Enfim, conta a tradição que, por estes anos, assomando ao balcão do palácio o rei Filipe III, e tendo visto um estudante que se rebolava a rir com a leitura de um livro que tinha nas mãos, comentou que o rapaz ou estava louco ou estava a ler o Dom Quixote. Ao que parece, o estudante estava mesmo a ler o Dom Quixote.»
«Ao Cavaleiro da Triste Figura não o consumiu o tempo nem o deitou para trás das costas a memória dos homens. É bom sinal: o Engenhoso Fidalgo continua a ser um horizonte de projeção, ou, ao menos, de encantamento de todos nós.»

Observações: Recomendado pelo Plano Nacional de Leitura

Imagem maximizada

fechar [X]