Biblioteca Fundamental da Literatura Portuguesa e coleção dedicada ao público infanto-juvenil foram duas das novidades apresentadas
Biblioteca Fundamental da Literatura Portuguesa e coleção dedicada ao público infanto-juvenil foram duas das novidades apresentadas

INCM apresenta plano editorial para 2014 na Biblioteca da Imprensa Nacional

27 de janeiro de 2014

A INCM apresentou ao público o seu plano editorial para 2014, durante um evento que teve lugar na Biblioteca da Imprensa Nacional, no dia 24 de janeiro, dando assim a conhecer as suas principais orientações e temáticas editoriais.

A apresentação, que esteve a cargo de António Osório, presidente do conselho de administração da INCM, e de Duarte Azinheira, diretor da Unidade de Publicações, contou com a presença do Secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier, entre outras individualidades ligadas à cultura e ao universo editorial e livreiro.

Entre as novidades previstas para 2014, destacou-se o início de uma coleção infanto-juvenil, que apresentará biografias de grandes portugueses, como Almada Negreiros, Fernando Pessoa, Salgueiro Maia e o Soldado Milhões, entre outros, com textos da autoria de José Jorge Letria e ilustrações criadas por reconhecidos autores portugueses.

Outras das novidades em destaque foi a Biblioteca Fundamental da Literatura Portuguesa, um novo projeto editorial que pretende afirmar-se enquanto cânone da literatura portuguesa e que será dirigido por Carlos Reis, com o apoio do Plano Nacional de Leitura e do Instituto Camões, disponibilizando ao grande público versões fidedignas dos textos dos maiores nomes da literatura portuguesa, desde o século XV até à atualidade.

O plano editorial para 2014 contempla ainda a realização de edições com parceiros públicos e privados, um caminho recente na política editorial da INCM e que deverá consolidar-se nos anos mais próximos, permitindo assumir a edição de novos títulos e publicações de uma forma sustentável.

Na linha de Direito e Jurisprudência está previsto o lançamento de novos títulos, mantendo-se como uma das grandes apostas da INCM, assim como nas temáticas da Arquitetura e do Design, com destaque para a Coleção D.

Após a apresentação dos principais projetos editoriais, a oficina gráfica da Imprensa Nacional foi palco de um concerto de música de câmara apresentado por solistas da Orquestra Metropolitana de Lisboa, que brindaram a assistência com peças de Bach, Vivaldi e Berio.

Imagem maximizada

fechar [X]