Rui Carp, presidente do conselho de administração da INCM, e José António Silveira Godinho, presidente da Valora, no momento da assinatura
Rui Carp, presidente do conselho de administração da INCM, e José António Silveira Godinho, presidente da Valora, no momento da assinatura

INCM e Valora celebram protocolo de colaboração

6 de novembro de 2014

A Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM) e a Valora, S. A., cujo único acionista é o Banco de Portugal, assinaram hoje um protocolo de colaboração que visa alcançar sinergias através da partilha de boas práticas e know-how em áreas homólogas.

O protocolo celebrado entre ambas as partes, pelo presidente, José António Silveira Godinho, e pela administradora, Helena Bebiano, da Valora e pelo presidente, Rui Carp, e pelo vogal Gonçalo Caseiro, do conselho de administração da INCM, prevê ainda a prestação de serviços associados à produção gráfica de alta segurança que possam complementar as competências instaladas em cada instituição, aumentando assim a sua competitividade e a sua produtividade e reduzindo a importação de produtos transformados.

Com validade de cinco anos, automaticamente renováveis se nenhuma das partes o denunciar, o presente protocolo de colaboração estabelece também condições para o eventual desenvolvimento e realização de projetos em comum.

A Valora, S. A., é responsável pela produção e acabamento das notas de euro colocadas em circulação em território nacional mediante adjudicação do Banco de Portugal, que detém a totalidade do capital social da empresa.

Imagem maximizada

fechar [X]