O novo passaporte cumpre as mais recentes recomendações da Organização Internacional da Aviação Civil (ICAO)
O novo passaporte cumpre as mais recentes recomendações da Organização Internacional da Aviação Civil (ICAO)

São Tomé e Príncipe emite passaporte eletrónico desenvolvido com a INCM

6 de fevereiro de 2018

No dia 1 de fevereiro, o Primeiro-Ministro de São Tomé e Príncipe, Patrice Trovoada, presidiu, nas instalações do Serviço de Migração e Fronteiras (SMF), em São Tomé, à cerimónia de apresentação do novo passaporte eletrónico santomense.

Trata-se de um projeto de grande relevância para São Tomé e Príncipe, desenvolvido com a colaboração da Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM), que coloca este país na vanguarda mundial no que respeita à emissão de passaportes eletrónicos de última geração e de acordo com as recomendações mais recentes da Organização Internacional da Aviação Civil (ICAO).

Este projeto abrange, além da produção de um novo modelo das cadernetas de passaporte de alta segurança, o desenvolvimento e implementação de uma solução completa para a sua emissão que inclui uma PKI exclusiva, a integração com equipamentos de recolha de dados biométricos e formação técnica intensiva para que a operação da solução seja efetuada em São Tomé e Príncipe por elementos do SMF.

O novo passaporte contém um chip criptográfico que armazena de forma segura os dados biográficos e biométricos do cidadão possibilitando um aumento muito considerável da segurança no controlo de fronteiras e da mobilidade transfronteiriça dos cidadãos.

Imagem maximizada

fechar [X]