Equipa de investigadores do CTS-UNINOVA conquista 1.º lugar do Prémio Inovação INCM 2017
Equipa de investigadores do CTS-UNINOVA conquista 1.º lugar do Prémio Inovação INCM 2017

Robot autónomo INTMOB vence Prémio Inovação da INCM e garante o financiamento do projeto até 500 mil euros

25 de maio de 2018

Decorreu ontem, na nave industrial da Casa da Moeda, em Lisboa, a cerimónia de entrega do Prémio Inovação INCM 2017. O evento, que contou com a presença da Ministra da Presidência e Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, premiou os três projetos mais inovadores nas áreas da Segurança e Tecnologia.

«INTMOB - Intralogistics Mobile Assistant Unit for Flexible Manufacturing Systems» foi o projeto vencedor do Prémio Inovação INCM 2017 e prevê a criação de um robot autónomo para a intralogística da INCM baseado no paradigma da Indústria 4.0. Segundo o Prof. José Barata, do Centro de Tecnologias e Sistemas da Universidade Nova, «a proposta de valor é a utilização de um robot móvel, simultaneamente operador e transportador, que irá permitir, não só a garantia da localização e segurança de todos os materiais de valor transportados dentro da INCM, como também libertar os colaboradores de tarefas pesadas e automatizadas, para que possam dedicar-se inteiramente a ações nas quais são verdadeiramente essenciais».

Os projetos que arrecadaram o 2.º e 3.º lugar foram, respetivamente, o «Fabrico de Moedas Comemorativas através de Tecnologias Aditivas», apresentado por uma equipa de investigadores do Instituto de Engenharia Mecânica do Instituto Superior Técnico, que permite a utilização de tecnologias de fabrico aditivo (também designadas por tecnologias de impressão 3D) para a produção de discos com geometrias e detalhes tridimensionais complexos, e o «BlockCarPollution», um projeto apresentado por elementos da Universidade de Aveiro e da empresa Ubiwhere, que pretende disponibilizar aos utilizadores de transportes coletivos e partilhados um sistema inteligente de recompensas (através da tecnologia blockchain e criação de uma digital wallet), de forma a incentivar a redução do número de veículos utilizados diariamente e, consequentemente, a diminuição dos níveis de poluição.

A Ministra da Presidência e Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, encerrou a cerimónia, concluindo que «a inovação não pode ser apenas uma moda ou um evento por ano. Consciente disso, a INCM integrou-a na sua estratégia, no seu dia a dia e nas suas relações com o exterior, tornando-a parte do seu ADN». Agradeceu ainda a colaboração de todas as universidade envolvidas, salientando que «tanto as instituições públicas como privadas precisam do conhecimento que vem das universidades, pois é ele que nos permite modernizar e responder às expetativas dos cidadãos, cada vez mais exigentes».

As três ideias vencedoras foram premiadas com um financiamento até 500.000€, 250.000€ e 100.000€, respetivamente, possibilitando o desenvolvimento e aperfeiçoamento destes projetos e perfazendo o montante total de 850.000€ investido pela INCM.

Além da apresentação das ideias finalistas e da entrega dos prémios, a sessão contou ainda com uma intervenção sobre «A importância da Inovação para a competitividade das empresas», proferida pelo Eng.º João Paulo Oliveira, administrador da Navigator e parceiro da INCM no laboratório colaborativo na área de aplicações inteligentes e sustentáveis do papel (Almascience).

Em paralelo com a sessão do Prémio Inovação INCM 2017, decorreu uma Mostra de Inovação, onde foram apresentados alguns projetos inovadores já implementados ou em fase de desenvolvimento na empresa.

Imagem maximizada

fechar [X]