A 1.ª edição do Prémio teve uma vencedora e duas menções honrosas
A 1.ª edição do Prémio teve uma vencedora e duas menções honrosas

Entrega do Prémio Jornalismo de Excelência Vicente Jorge Silva

16 de setembro de 2021

Ontem, na Sala Carlos Paredes da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA), teve lugar a cerimónia de entrega do Prémio Jornalismo de Excelência Vicente Jorge Silva, promovido pela Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM), e que, na sua 1.ª edição, distinguiu o trabalho Estados Unidos da América, crónica de uma (des)união, da jornalista Isabel Lucas.

Foram também entregues duas menções a honrosas a Voltar a Marchar, uma reportagem da autoria de Raquel Moleiro e de Tiago Miranda, e Luanda Leaks. Como Isabel dos Santos desviou mais de 100 milhoes de dólares da Sonangol para o Dubai, uma peça de investigação assinada por Micael Pereira e Luís Garriapa.

A cerimónia contou com a presença de Graça Fonseca, Ministra da Cultura, que deu os parabéns à INCM pela iniciativa, “pela forma como a INCM vê o seu papel em Portugal, mas também pela importância de, ao homenagear o Vicente Jorge Silva, homenagear o jornalismo e a imprensa livre”.

O evento contou ainda com a presença de José Jorge Letria, presidente da SPA, de Nicolau Santos, presidente do júri e presidente do Conselho de Administração da RTP, de Gonçalo Caseiro, presidente do Conselho de Administração da INCM, de Henrique Cayatte, designer, e de Jorge Wemans, jornalista e amigo de Vicente Jorge Silva, além dos jornalistas distinguidos na presente edição.

Os troféus entregues foram produzidos pelos profissionais da Unidade de Moeda da INCM a partir de desperdícios e materiais oriundos da área gráfica, refletindo também a sustentabilidade e as preocupações ambientais da empresa.

A cerimónia teve transmissão em direto online, mas quem não teve oportunidade de acompanhar pode assistir aqui.

Imagem maximizada

fechar [X]