Qual o objetivo do prémio Imprensa Nacional/Vasco Graça Moura?

O Prémio Imprensa Nacional/Vasco Graça Moura pretende distinguir anualmente uma obra e, eventualmente, atribuir uma ou mais menções honrosas. O prémio será rotativo entre as três áreas temáticas contempladas: poesia, ensaio e tradução.

Porquê a criação deste prémio?

A Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM) criou este prémio para dar oportunidade de edição e, assim, de divulgação de textos com mérito que teriam dificuldade de publicação nas atuais condições do mercado editorial, dando continuidade à sua missão, enquanto editora pública, de promoção e preservação do património da língua e da cultura portuguesas.

Que trabalhos podem concorrer?

Podem concorrer:

    a) textos poéticos inéditos em língua portuguesa;

    b) textos ensaísticos em língua portuguesa, enquadráveis no âmbito das humanidades, que sejam inéditos;

    c) traduções inéditas, de obras no domínio público, para a língua portuguesa.

A 5.ª edição do prémio, em 2019, é dedicada ao Ensaio (domínio das Humanidades).

De que modo devem ser entregues o trabalhos a concurso?

As obras concorrentes devem assinadas por um pseudónimo. Por cada obra concorrente deve ser entregue:

    a) três cópias em papel A4;
    b) uma versão em formato digital (Word) gravada em CD ou pendrive;
    c) um envelope fechado, identificado com o título da obra e o pseudónimo do autor, contendo:
      i. identificação do concorrente – nome completo, número de identificação fiscal, morada completa, endereço eletrónico e número de telefone;
      ii. Declaração assinada pelo concorrente com a menção de que a obra apresentada a concurso é original e inédita e não foi apresentada a nenhum outro concurso com decisão pendente.

Onde e como devem ser remetidos os trabalhos?

Os trabalhos a concurso podem ser remetidos por correio* para a morada:

         Imprensa Nacional-Casa da Moeda
         Edifício da Imprensa Nacional
         Unidade de Edição e Cultura
         Rua da Escola Politécnica, n.º 135
         1250-100 LISBOA

Em alternativa, os trabalhos podem ser entregues em mão na mesma morada.
* Recomenda-se o envio por correio registado com aviso de receção.

Que prémios serão atribuídos?

O autor da obra distinguida receberá um prémio pecuniário no valor de 5000¤ (cinco mil euros); e terá a obra concorrente publicada pela INCM. Eventuais obras com menções honrosas poderão ser publicadas, se a editora assim o entender.

Como serão selecionados os trabalhos vencedores?

A escolha dos trabalhos distinguidos cabe ao júri designado pela INCM, que deliberará por unanimidade ou por maioria simples, tendo o Presidente do Júri voto de qualidade.

O Júri é constituído por três elementos, que em 2019 serão:

   Pedro Mexia (Presidente)
   Jorge Reis-Sá
   Joana Matos Frias

Qual o prazo das candidaturas? Como e quando se anunciarão os vencedores?

Em 2019, para o Prémio Imprensa Nacional/Vasco Graça Moura dedicado ao Ensaio (domínio das Humanidades), as candidaturas decorrem entre 30 de julho e 15 de outubro de 2019. A data considerada será a do carimbo dos correios ou a do recibo entregue contra a receção de trabalhos entregues em mão.

A decisão do júri será anunciada até 15 de novembro de 2019, no site da INCM.

Onde podem ser dirigidos pedidos de informação?

Mais informações podem ser dirigidas por escrito para: teresa.garcia@incm.pt.

Qual o documento regulador do prémio?

Regulamento do Prémio Imprensa Nacional/Vasco Graça Moura 2019.